Inaugura a 9 de janeiro, sábado, a exposição “Give me truth! Cumplicities”, que abre o ano de 2021 na Casa das Artes – Porto. A assinalar o momento, às 10h30, será reposta a performance em exposição “Gesto sobre papel”, de Marta Ramos.*

“Give me truth! Cumplicities”
Casa das Artes, Porto
9 JAN – 20 FEV 2021

“Sentei-me a uma certa mesa onde a comida era fina,
os vinhos abundantes e o serviço impecável,
mas faltavam sinceridade e verdade, fui-me embora com fome.”Paul Henry Thoreau desafia-nos: “Mais do que amor, dinheiro e fama, dêem-me verdade!”.
E nós procuramo-la, na arte contemporânea, por entre as gerações mais novas de artistas portuenses que gravitam no nosso entorno. “Give me truth! Cumplicities” é uma exposição de “verdade”, sem o artigo definido a antecedê-la; apresenta, somente, acordo entre objeto pensado e pensamento.

A exposição toma como matéria concreta os cruzamentos disciplinares entre as artes visuais e as artes performativas, na arte contemporânea.
Porém, se o discurso associado a estes cruzamentos, frequentemente, se concentra nas ideias de “colaboração” e de “interseção”, entre artistas e disciplinas artísticas, esta exposição interessa-se pelas ideias de “cumplicidade” e de “contaminação” e foca-se no artista-autor.

A exposição apresenta pesquisas individuais de três artistas-investigadores de gerações sequenciais – Hugo Ferreira e Nuno M. Sousa; Marta Ramos; Sebastião Paz Costa – que, ao perseguirem uma proposta credível no campo da arte contemporânea, se aventuram em processos de criação abertos e híbridos, a que é inerente uma transferência de códigos, procedimentos e modos de registo entre disciplinas artísticas.

A “verdade” das várias pesquisas individuais em exposição revela-se depositada sobre um longo dispositivo horizontal, que se instala a libertar a galeria da Casa das Artes. Em seu torno, por entre objetos pensados e pensamentos, admitimos sentar-nos com Paul Henry Thoreau.

No tempo longo da sua duração, a exposição irá sendo atualizada pela estreia sequencial de três peças inéditas por cada um dos artistas-investigadores.

A exposição “Give me truth! Cumplicities” tem curadoria FlyingPoetics | Fpoetics®.